PREPARATÓRIOS FE SAÚDE

PREPARATÓRIOS FE SAÚDE

  • 03 Horas de duração
  • 27 Aulas
  • 11 Módulos
  • 6 meses de suporte
Parcele em 12x R$ 30,13 (ou R$ 300,00 à vista)
Comprar Agora Dê um passo adiante em sua carreira!
Inove Saber

AULAS GRAVADAS NA PLATAFORMA MICROSOFT TEAMS COM POSSÍVEIS  INTERAÇÕES  DOS ALUNOS DA AULA AO-VIVO

Específico Serviço Social – FESAÚDE –PARA TODOS OS CARGOS


Data 01/12

Ética e lei de regulamentação do Serviço Social - legislações sociais

CFESS. Atribuições privativas do (a) assistente social em questão. Brasília: CFESS, 2012. Disponível em: http://www.cfess.org.br/arquivos/atribuicoes2012-completo.pdf.


Conselho Federal de Serviço Social. Assistente Social: Ética e Direitos, Coletânea de Leis e Resoluções Vols. I e II, 5ª Edição, Brasília, 2008. Conselho Federal De Serviço Social.  

 


Data 08/12

Fundamentos históricos e teórico-metodológicos do Serviço Social 

IAMAMOTO, M. & CARVALHO, R. Relações Sociais e Serviço Social no Brasil. 29. ed. São Paulo: Cortez, 2009. IAMAMOTO, MV. O Serviço Social na contemporaneidade: trabalho e formação profissional. São Paulo: Cortez, 1998. 


TRINDADE, R.L.P. Desvendando as determinações sócio históricas do instrumental técnico-operativo do Serviço Social na articulação entre demandas sociais e projetos profissionais. Temporalis, Brasília: ABEPSS, Ano 2, nº 4, 2001. Disponível em: http://cressrn.org.br/files/arquivos/65N06Bp3L00eI373q8j6.pdf. 


FORTI, V. & GUERRA, I. (Orgs.) Serviço Social: Temas, Textos e Contextos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010.  - A primeira parte contém dois textos – o primeiro é de autoria das organizadoras, que problematizam a discussão, ainda presente na categoria profissional, de que “na prática a teoria é outra”;o segundo, de Marilene Aparecida Coelho, trata da imediaticidade na prática profissional. 



Data 15/12 

Políticas Sociais e Serviço Social; Administração das Políticas Sociais; A seguridade social brasileira: fundamentos históricos e tendências atuais; 


ALMEIDA, NLT; ALENCAR, MMT. Serviço Social e trabalho: particularidades do trabalho do assistente social na esfera pública estatal brasileira. O Social em Questão − Ano XVIII − nº 34 – 2015. Disponível em: http://cressrn.org.br/files/arquivos/7n61t702q2g9K38I0469.pdf. 


BEHRING, E. R. & BOSCHETTI, I. Política Social: fundamentos e história, Cortez, SP, 5ª Edição, 2008. 


NOGUEIRA, V. M. R. Política Social e Serviço Social: os desafios da intervenção profissional. Revista Katalysis 16, 2013. Pp.61-71. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414- 49802013000300005&lng=en&nrm=iso. 



Data 22/12 

Assistência Social como direito e Pobreza e desigualdade social no Brasil; 6 -Abordagem do Assistente Social com famílias Família. Discussão sobre Família 


ABRÃO, KCL.; MIOTO, RCT. Políticas familiares: uma introdução ao debate contemporâneo. Revista Katálysis, Florianópolis, v. 20, n. 3, p. 420-429, set./dez. 2017. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-49802017000300420&script=sci_abstract&tlng=pt


SILVA e SILVA, M. O.; YAZBECK, M. C.; GIOVANNI, G. − A política brasileira no século XXI: a prevalência dos programas de transferência de renda. São Paulo: Cortez, 2004



Data 29/12

Pesquisa, planejamento e interdisciplinaridade em Serviço Social; e Elaboração de projetos de intervenção do assistente social nas condições e relações do trabalho; Planejamento e gestão de políticas, programas e projetos (Pesquisa, projetos e programas, estão dentro do ciclo de planejamento)


FORTI, V. & GUERRA, I. (Orgs.) Serviço Social: Temas, Textos e Contextos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010. A terceira parte é destinada à discussão sobre estágio e sua supervisão no Serviço Social.


FORTI, V. & GUERRA, I. (Orgs.) Serviço Social: Temas, Textos e Contextos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010. A quarta e última parte apresenta experiências profissionais cujo espaço sócioocupacional, abordagens, concepções e perspectivas são distintos: sociojurídico, saúde mental, saúde da mulher, terceira idade. 



Data 05/01

Sistema Único de Saúde (SUS) 


__. Lei n.º 8.080, de 19 de setembro de 1990. Dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes e dá outras providências. 


__. Lei n.º 8.142, de 28 de dezembro de 1990. Dispõe sobre a participação da comunidade na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e sobre as transferências intergovernamentais de recursos financeiros na área da Saúde e dá outras providências. 


Conselho Federal de Serviço Social. Assistente Social: Ética e Direitos, Coletânea de Leis e Resoluções Vols. I e II, 5ª Edição, Brasília, 2008. Conselho Federal De Serviço Social. (parte de legislação nessa aula) 



Data 12/01


BRAVO, M.I.S.; MATOS, M.C. Projeto Ético-Político do Serviço Social e sua Relação com a Reforma Sanitária: elementos para o debate. In Mota, Ana Elizabete; Teixeira, Marlene. (Org.). 

Serviço Social e Saúde: Formação e trabalho profissional. 1 ed. São Paulo: Cortez, 2006. 


Parâmetros para atuação de assistentes sociais na política de saúde, Brasília, 2010; Disponível em:http://cfess.org.br/arquivos/Parametros_para_a_Atuacao_de_Assistentes_Sociais_na_Saude.pdf. 


VASCONCELOS, A. M. A Prática do Serviço Social − Cotidiano, Formação e Alternativas na Área da Saúde. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2013. 


19/01 - conteúdo comum para todos os cargos - 


Data 26/01 

CAVALCANTI, Patrícia Barreto et al. A intersetorialidade enquanto estratégia profissional do serviço social na saúde. Barbaroi, Santa Cruz do Sul, n. 39, p. 192-215, dez. 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104- 65782013000200009&lng=pt&nrm=iso. 


NASCIMENTO, Sueli. Reflexões sobre a intersetorialidade entre as políticas públicas. Revista Serviço Social e Sociedade, n.101, p.95-120, São Paulo, jan./mar. 2010. Disponível em http://www.scielo.br/pdf/sssoc/n101/06.pdf. PEREIRA, P. Política Social: temas & questões. São Paulo: Cortez, 2011. 


SENNA, M. C. M.; GARCIA, D. V. Políticas sociais e intersetorialidade: elementos para debate. O Social em Questão, v. 32, p. 277-294, 2014. Disponível em: http://osocialemquestao.ser.pucrio.br/media/OSQ_32_SL3_Senna_Gracia_WEB.pdf. 


Data 02/02


MIOTO, R.C.T.; LIMA, T.C.S. A dimensão técnico-operativa do Serviço Social em foco: sistematização de um processo investigativo. Textos e Contextos, Porto Alegre, 8 (1): 22-48, 2009. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fass%20/article/view/5673. MIOTO, R.C.T.; 


SANTOS, C. M.; BACKX, S.; GUERRA, Y. A dimensão técnico-operativa no Serviço Social. 3. ed. São Paulo: Cortez, 2017. 


SIERRA, V. M., REIS, J. F. dos Instrumentos Técnico Operativos do Serviço Social na Justiça. In Poder Judiciário e Serviço Social, cap. 8. São Paulo: Saraiva, 2018. 


SOUZA, C.T. A prática do assistente social: conhecimento, instrumentalidade e intervenção profissional. Emancipação, Ponta Grossa, 8 (1): 119-132, 2008. Disponível em: https://www.revistas2.uepg.br/index.php/emancipacao/article/view/119. 


FORTI, V. & GUERRA, I. (Orgs.) Serviço Social: Temas, Textos e Contextos. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2010. A segunda parte também é composta por dois textos (o primeiro, de Cláudia Mônica dos Santos eKarine Noronha, e o segundo, de CleierMarconsin)que apresentam instrumentos, técnicas e a documentação mais comumente utilizada pelos assistentes sociais.

6 meses Sem tempo para fazer o curso agora? Não tem problema.
Você poderá participar desse curso até 6 meses após a matrícula.
Nenhuma descrição cadastrada.
Inove Saber
""


Voltar ao topo